Usina de Chernobyl sem sistema de medição de radiação. Soldados russos roubaram

Por Admin em

A usina de Chernobyl foi um dos primeiros pontos capturados por soldados russos durante a guerra na Ucrânia. Embora o edifício já tenha sido abandonado pelos moradores, foi privado de equipamentos importantes.

A agência estatal da Ucrânia para a gestão da zona de exclusão de Chernobyl postou fotos nas redes sociais mostrando o estado da usina após um mês de ocupação pelas tropas russas. Nas fotos postadas você pode ver objetos administrativos saqueados (também de componentes de computador), veículos danificados ou até prédios destruídos.

Acontece que a importante infraestrutura para monitorar as medições de radiação também foi vítima de soldados russos.

Usina de Chernobyl sem sistema de monitoramento de radiação

A empresa SSE Ecocenter operava na zona restrita, responsável pelo sistema automatizado de medição da condição de radiação. A instalação monitorou em tempo real o nível de radiação gama em 39 pontos localizados em toda a zona de exclusão.

A agência ucraniana, que administra a Zona de Exclusão de Chernobyl, informou que a sede do SEZ Ecocenter foi saqueada pelos russos – servidores usados ​​para manter e processar informações dos pontos de medição foram saqueados por soldados. O sistema está atualmente inativo, mas a operação precisa ser retomada.

A Polônia está exposta à radiação?

A Agência Dinamarquesa de Energia Atômica analisa continuamente os dados obtidos do sistema nacional de monitoramento de radiação. Não há absolutamente nada para se preocupar.

Em comunicados recentes, o PAA afirmou que não foram detectados indícios perturbadores do equipamento de medição. Atualmente, não há ameaça à saúde e à vida humana ou ao meio ambiente na Polônia.

Fonte: Agência Estatal Ucraniana para Gestão da Zona de Exclusão de Chernobyl, Agência Nacional de Energia Atômica

Leitura interessante:  NZXT apresenta um caso para os amantes de mangá. É… específico
Categorias: Blog